weblogUpdates.ping A Minha Matilde & Cª http://www.umsonhochamadomatilde.blogspot.com/ link rel="shortcut icon" href="favicon.ico">

A Minha Matilde & Cª 

terça-feira, fevereiro 06, 2007

Quando a cabeça ...


Quando a cabeça não tem juízo
Quando te esforças
Mais do que é preciso
O corpo é que paga
O corpo é que paga
Deix'o pagar, deix'o pagar
Se tu estás a gostar...

Quando a cabeça não se liberta
Das frustrações, inibições
Toda essa forca, que te aperta
O corpo é que sofre
As privações, mutilações

Quando a cabeça esta convencida
De que ela é
A oitava maravilha
O corpo é que sofre
O corpo é que sofre
Deixa sofrer, deixa sofrer
Se isso te dá prazer...

Quando a cabeça está nessa confusão
Estás sem saber que hás-de fazer
E ingeres tudo o que te vem à mão
O corpo é que fica
Fica a cair sem resistir

Quando a cabeça rola pró abismo
Tu não controlas esse nervosismo
A unha é que paga
A unha é que paga
Não paras de roer
Nem que esteja a doer...

Quando a cabeça não tem juízo
E te consomes, mais do que é preciso
O corpo é que paga
O corpo é que paga
Deixa pagar, deixa pagar
Se tu estás a gostar...
Deixa sofrer, deixa sofrer
Se isso te dá prazer...


"O Corpo é que Paga" de Antonio Variações/Humanos

Etiquetas:

Share Subscribe
16 Comments:
Blogger Isabel-F. said...

Adoro esta música e a sua letra...

bj

5:35 da tarde  
Blogger com_argumentos said...

-Este homem era um talento...
As letras dele fazem mt sentido, então esta ..
A versão feita pelos "Humanos" esta mt boa, adoro esse CD.

Bjs á Matilde ;)***

6:14 da tarde  
Blogger peciscas said...

O Variações estava para lá do seu tempo mas não foi devidamente compreendido e apreciado enquanto viveu.
Penso que só após a sua morte começa a ser reconhecido o seu talento.

7:25 da tarde  
Blogger Crystalzinho said...

Grandes letras que ficam para além do seu autor.
Gostei do teu blog e a Matilde é linda!
Bjs

9:27 da tarde  
Anonymous raquelmoniz said...

Gosto imenso desta música :-)

9:48 da tarde  
Blogger Sorrisos da minha Alma said...

:-)) Bom recordar, mas ao mesmo tempo fez me lembrar a noticia que me marcou no telejornal esta noite "anorexia"...
Beijo grande

10:04 da tarde  
Blogger Marco Ferreira said...

O homem era bom, as versões dos Humanos vêm colocar a cereja por cima do bolo.

marinheiroaguadoce a navegar

10:47 da tarde  
Blogger marco said...

é pá..essa posiçao deve ser fixe!
...pra lavar o rabito!
o que é que pensavam....

10:50 da tarde  
Blogger cusca said...

Eu gosto mt das musicas do Variações, por acaso os Humanos fizeram uma boa adaptação !

Jokas

11:03 da tarde  
Blogger elisabete cunha said...

Miguelito: Que letra maravilhosa!!!,é uma pena que as músicas portuguesas chegam tocam tão pouco no Brasil. É uma incoerência termos que ouvir músicas americanas sem nenhum sentido, enquanto existem tantas lindas músicas portuguesas desconhecidas no Brasil. Amei sua visita!!
E a rapidinha, experimentou? com a Lígia tem que ser de ladinho para não machucar o Martim.
um beijo muito musical para a família mais sensual de PT!!!!APARECE!!!

12:48 da manhã  
Blogger elisabete cunha said...

miguel: eu falei o que é o amor,verifique direitinho....!!!

12:53 da manhã  
Blogger Fábula said...

eu devo ser muito mázinha porque assim que vi a imagem desatei a rir, e ri-me ainda mais qdo vi que o texto que a acompanhava era esta música do Variações! ;)

9:21 da manhã  
Blogger Atlantys said...

O Variações foi (É) um senhor! E mesmo 20 anos depois as suas letras continuam a fazer todo o sentido.
Bjks à Matilde & Cª. =)***

10:50 da manhã  
Blogger peace_love said...

Grande música!

12:33 da tarde  
Blogger Belzebu said...

António Variações foi alguém, como tantos outros, a quem não foi reconhecido o real valor no momento certo! Mas não faz mal, a obra fala por si e só por distracção ou ignorância é que tal aconteceu! Esta letra é verdadeiramente brilhante!

Saudações infernais e beijocas para a Matilde!

2:43 da tarde  
Blogger anjoedemonio said...

e má nada!!!

om corpinho é que paga!!!!

b&a á familia,

inês

10:10 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home