weblogUpdates.ping A Minha Matilde & Cª http://www.umsonhochamadomatilde.blogspot.com/ link rel="shortcut icon" href="favicon.ico">

A Minha Matilde & Cª 

domingo, fevereiro 03, 2008

A Tshirt da Semana ...

Photobucket

Descobri a verdadeira razão porque Sr. Engº José Socrates não admite que assinou projectos urbanisticos na decada de 80, acumulando assim as suas funções parlamentares com a actividade profissional de engenheiro técnico, enquanto projectista e como responsável pelo alvará de uma empresa de construção civil ...!

Porque são uns verdadeiros mamarrachos ...!

Aqui estão as casas-tipo-méson cujos projectos foram mesmo assinados por Sócrates. Assinou os projectos mas não foi da sua refinada cabeça que tamanhos estes mamarrachos. O homem pode não ser muito rigoroso, mas tem bom gosto.

O Arrastão acaba de lançar o Prémio Nacional de Engenharia José Sócrates, com objectivo de divulgar o que de melhor se faz em Portugal. Porque é injusto mostrar apenas o que Sócrates assinou. Anda por aí muito talento a quem não é reconhecido o devido […]


Imagem Original Cão Azul
Texto Via Arrastão

Etiquetas: , , , ,

Share Subscribe
7 Comments:
Blogger JotaCê Carranca said...

Entrei faz dois dias na minha blogférias. Entrei mesmo só no prazer de escrever nos comentários dos outros e no cansaço de ver o martelar socrático. Coitado do homem que agora leva 'porrada' por um dia ter acordado e ter tido o pensamento de querer ser 1º-ministro desta república. Mas ele é rosa com política laranja está mesmo mais à espera de quÊ?

Beijos nas crianças e abraços nos mais velhos

12:49 da tarde  
Blogger Mac Adriano said...

Para além de actos valorosos como Primeiro-Ministro, ainda pôs o país mais bonito. Sim senhor, este homem (?) é um génio. Ah, para além de que nunca viu ninguém ser tão perseguido como ele próprio. Bem vistas as coisas, é um mártir. Já estou a chorar, cheio de pena dele, coitadinho. Abraço.

3:24 da tarde  
Blogger Ludo Rex said...

Pois é... Toma lá mamarrachos...
Um abraço

5:38 da tarde  
Blogger Odele Souza said...

Olá Miguel.
Estás a pular o Carnaval?
Aqui no Brasil, ou se entra na farra, ou se fica na calmaria das cidades vazias. Ruas calmas e tranquilas. Eu acho é bom.

Um abraço.

6:37 da tarde  
Blogger Ana said...

lolol
Por falar nisso... Tenho que descobrir quais são os projectos do Socrates que aqui foram feitos!! lol

9:37 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Atençaõ amigos: O Publicuzinho descobriu que Sócrates roubou à mãe quando tinha 12 anos uma nota de 20$00. E para quê ? Para comprar bombinhas de Carnaval. Inadmissivel. Se ele assinou projectos quando ainda não era ninguém também esta coisa dos 20$00 merece ser avaliada por gente
com competência para tal. Talvez os milhares de engenheiros pelo país fora que todos os dias assinam por outros técnicos que no fundo são tão competentes como os engenheiros. O homem precisa de ser
empurrado do poder. Queremos esse
grande pensador português do Norte que se chama Luis Menezes. Que venha depressa para repôr tudo no seu lugar. E que não se equeça de trazer essa grande figura do espectáculo que é o magistral Mendes Bota anti-Pide, anti-não fumadores, anti patrões, anti-empregados, anti-ele, anti... eu já nem sei. Viva o nosso Carnaval que nem nos faz bem nem nos faz mal. José Montanheiro (com muita honra)

11:33 da tarde  
Blogger Gin@ said...

Ok... Para dizer a verdade, não gostei do que vi, pela forma como foi exposto, muito menos pelas mãos desse jornal pelo qual tenho um grande respeito, que é o Público. Acho que se esqueceram do que são as funções do Engenheiro e do Arquitecto (ou desenhador) (e desculpem, meus caros, mas aqui falo com conhecimento de causa): o engenheiro deve certificar-se que há conformidade entre os desenhos apresentados e a capacidade estrutural do edifício, deve garantir a boa execução da obra, com materiais e técnicas adequadas e a funcionalidade do edifício, cumprindo as disposições regulamentares. A aparência, das duas, uma: ou é da responsabilidade de um desenhador (que pode eventualmente ser o engenheiro) ou de um arquitecto. E segundo o que é habitual, quer na década em que foram construídas as moradias, quer no meio em que se inserem, as mesmas são desenhadas de acordo com critérios dos donos requerentes da obra, sendo que não havia na altura, muitas das normas que regem hoje a construção de edifícios.
E, contudo, não me lembro de ter visto nas casas em questão, fissuras, humidades, ou outras anomalias provenientes de uma má concepção, como é vulgar ver hoje em dia, em edifícios com menos de 5 anos, a não ser as decorrentes do envelhecimento dos materiais. E quanto a isso, não me parece que Sócrates seja assim tão mau engenheiro.
Não tenho partidos políticos, mas esta "caça ao homem" já chateia um bocado...
E peço desculpa por este discurso longo e um pouco revoltado, mas é o que penso... :)
Boa semana e bjocas à Matilde e ao Martim!

7:20 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home