weblogUpdates.ping A Minha Matilde & Cª http://www.umsonhochamadomatilde.blogspot.com/ link rel="shortcut icon" href="favicon.ico">

A Minha Matilde & Cª 

terça-feira, março 21, 2006

Dia Mundial da Poesia ...

Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Aquém e de Além Dor!

É ter de mil desejos o esplendor
E não saber sequer que se deseja!
É ter cá dentro um astro que flameja,
É ter garras e asas de condor!

É ter fome, é ter sede de Infinito!
Por elmo, as manhãs de oiro e de cetim...
É condensar o mundo num só grito!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!


"Ser poeta" de Florbela Espanca

Etiquetas: ,

Share Subscribe
18 Comments:
Blogger O Restaurador said...

Tinha que ser uma poetisa Calipolense a escrever algo tão belo, marcante e intemporal!!!

Saudações!

11:17 da tarde  
Anonymous "A Rebelião da Armada" said...

VIVA A POESIA E OS SEUS POETAS...
UM ABRAÇO

11:31 da tarde  
Blogger marco said...

DIA DA POESIA, NÉ? E ESSA MUSICA QUEM CANTA?

12:23 da manhã  
Blogger Terreiro said...

Muitos plantaram arvores, muitos sorriram ao dia, outros nem se deram conta, mas … o dia foi dos poetas.
E de poetas todos nós temos um pouco.

Abraços

3:04 da manhã  
Blogger João Mãos de Tesoura said...

A poesia deve-se à primavera? Como eu gosto dessa prima...
Abraço

4:20 da manhã  
Blogger Isabel-F. said...

...nunca me canso de reler este belo poema...


bjs

10:19 da manhã  
Blogger Pedro Nobre said...

... uma poema à imagem de todos os poetas... ser poeta é...

11:40 da manhã  
Blogger 365dias said...

bem só aqui na escola é que consegui entrar no teu espaço, uma bela escolha..
uma boa semana

11:41 da manhã  
Blogger Cristina said...

Parabéns pelo poema que escolheste para o dia de hoje, é o meu favorito, adoro a Florbela!
:)
beijinhuu

1:28 da tarde  
Blogger anjoedemonio said...

"E é amar-te, assim, perdidamente..." das frases mais bonitas e com mais força que me lembro!
um beijinho à tua Matilde

1:46 da tarde  
Blogger Wakewinha said...

Pronto, já me deixaste com a música na cabeça! ;)
Beijinho*

2:58 da tarde  
Blogger jotadias said...

Simplesmente, LINDO.

Abraço

4:24 da tarde  
Blogger Ana said...

Ao poema não posso acrescentar mais nada, é fantástico e pronto! A foto, essa, está genial!!*

4:25 da tarde  
Blogger funxinha said...

adoro adoro adoro os poemas da Florbela Espanca :)

beijos

5:35 da tarde  
Blogger Mocho Falante said...

é de facto um icon da poesia lusitana..bem lembrado, parabens

Abraços e beijocas à Matilde

5:39 da tarde  
Blogger Ana said...

Adoro ouvir este poema pela voz de Luís Represas...Consegue dar-lhe ainda mais beleza!!!

8:12 da tarde  
Blogger tonsdeazul said...

Adoro este poema!!!
:) É único...

10:22 da tarde  
Blogger azoriana said...

Belíssimo poema para um Grande Dia.
Belíssima imagem que até fez voltar atrás no tempo e deu-me saudade de outros tempos.
:)

12:26 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home