weblogUpdates.ping A Minha Matilde & Cª http://www.umsonhochamadomatilde.blogspot.com/ link rel="shortcut icon" href="favicon.ico">

A Minha Matilde & Cª 

quarta-feira, maio 30, 2007

Greve Geral ...!




Era uma vez quatro professores chamados Toda-a-Gente, Alguém, Qualquer-Um e Ninguém.
Existia um grande descontentamento e problemas muito importantes para resolver e portanto foi convocada uma greve para pressionar a resolução desses problemas. Toda-a-Gente tinha a certeza que Alguém a faria. Qualquer-Um poderia fazê-la, mas Ninguém a fez.

Alguém zangou-se porque era uma acção de luta a desenvolver por Toda-a-Gente. Toda-a-Gente pensou que Qualquer-Um poderia fazê-la, mas Ninguém constatou que Toda-a-Gente não a faria. No fim, Toda-a-Gente culpou Alguém, quando Ninguém fez o que Qualquer-Um poderia ter feito.

Foi assim que apareceu o Deixa-Andar, um quinto professor com a função de evitar todos os problemas de “divisão de tarefas” deste tipo ...

Moral da história: os problemas adensaram-se, “os chefes” ficaram cientes da sua enorme força e Toda-a-Gente, Alguém, Qualquer-Um e Ninguém foram amarfanhados e espremidos até se sentirem uns “Não Somos Nada”...

… Agora, só o Deixa-Andar continua feliz e contente a "ser um deixa andar".






Texto sacado da Gotinha
Imagem original d´Anterozoide

Etiquetas:

Share Subscribe
9 Comments:
Blogger Alma Minha said...

Bem verdade esta tua história!
Eu fiz Greve!
Beijos

3:31 da tarde  
Blogger Fábula said...

ui..... ;)

6:31 da tarde  
Anonymous aluna burra said...

não sei se hei-de rir, se sorrir, Miguel ...

...eu gostaria de ver uma greve dos desempregados, dos doentes, dos idosos etc, isto não me sai da cabeça hoje...

porquê?

cumprimentos à familia

mao

8:02 da tarde  
Blogger Pete said...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.

10:56 da tarde  
Blogger Espanhol said...

O teu blog é que não esteve em greve...

3:13 da manhã  
Blogger Kalinka said...

Miguel há muito que não te visito, tenho sido uma «amiga da onça» mas não é por mal, juro.
A tua história é o que é, a nossa triste realidade de funcionários neste País sem perspectivas de bom futuro.
É mesmo como dizes:
Moral da história: os problemas adensaram-se, “os chefes” ficaram cientes da sua enorme força e Toda-a-Gente, Alguém, Qualquer-Um e Ninguém foram amarfanhados e espremidos até se sentirem uns “Não Somos Nada”...

MAS...GARANTO-TE QUE ALGUNS DO «DEIXA ANDAR» têm mesmo que deixar andar, não se pode fazer nada, estamos de mãos e pés atados.

Beijos e abraços para a família feliz:Miguel, Lígia, Matilde e Martim.

8:37 da manhã  
Blogger Rosario Andrade said...

Bom dia!
Enquanto os outros paises estao a vançar, Porutgal atravessa a Idade do Gelo... com um futuro congelado também. Espero que quando chegue a vez da Matildinha e do Martim as coisas estejam francamente melhores... senao, que aprendam linguas estrangeiras e se espalhem pela Europa!

Bjicos

11:02 da manhã  
Blogger peace_love said...

Isto já nem com greves lá vai..só com revolução!

12:19 da tarde  
Blogger Sininho said...

Só mesmo para dizer: EXCELENTE, sem mais comentários

10:59 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home