weblogUpdates.ping A Minha Matilde & Cª http://www.umsonhochamadomatilde.blogspot.com/ link rel="shortcut icon" href="favicon.ico">

A Minha Matilde & Cª 

quarta-feira, janeiro 23, 2008

Um dia ...

Photobucket

Um dia a maioria de nós irá separar-se ...

Sentiremos saudades de todas as conversas jogadas fora, das descobertas que fizemos, dos sonhos que tivemos, dos tantos risos e momentos que partilhamos.

Saudades até dos momentos de lágrimas, da angústia, das vésperas dos finais de semana, dos finais de ano, enfim... do companheirismo vivido.

Sempre pensei que as amizades continuassem para sempre.

Hoje não tenho mais tanta certeza disso. Em breve cada um vai para seu lado, seja pelo destino ou por algum desentendimento, segue a sua vida. Talvez continuemos a nos encontrar, quem sabe ... nas cartas que trocaremos.

Podemos falar ao telefone e dizer algumas tolices ... Aí, os dias vão passar, meses...anos... até este contacto se tornar cada vez mais raro. Vamo-nos perder no tempo ...

Um dia os nossos filhos verão as nossas fotografias e perguntarão: "Quem são aquelas pessoas?" Diremos que eram nossos amigos e isso vai doer tanto!

"Foram meus amigos, foi com eles que vivi tantos bons anos da minha vida!" A saudade vai apertar bem dentro do peito. Vai dar vontade de ligar, ouvir aquelas vozes novamente... Quando o nosso grupo estiver incompleto ... Reunir-nos-emos para um último adeus de um amigo. E, entre lágrimas, abraçar-nos-emos. Então faremos promessas de nos encontrar mais vezesdaquele dia em diante. Por fim, cada um vai para o seu lado para continuara viver a sua vida, isolada do passado. E perder-nos-emos no tempo!

Por isso, fica aqui um pedido deste humilde amigo: não deixes que a vida passe em branco, e que pequenas adversidades sejam a causa de grandes tempestades... Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!"


Fernando Pessoa

Etiquetas: , , , ,

Share Subscribe
11 Comments:
Blogger Å®t Øf £övë said...

Miguel,
Este texto não poderia ser mais verdadeiro. Só alguém com muito maturidade e experiência de vida, conseguiria escrever algo assim. Tocou-me.
Abraço.

9:16 da tarde  
Blogger amigona avó e a neta princesa said...

Já conhecia Miguel!Palavras sábias!

Se quiseres conhecer a história da Fló passa por lá...beijo...

9:59 da tarde  
Blogger Ludo Rex said...

Grande Pessoa. A amizade não se busca, não se sonha, não se deseja; ela exerce-se... É uma virtude!
Um Abraço Amigo

10:26 da tarde  
Blogger Carminda Pinho said...

Miguel,
este texto comove-me sempre, tanto...até às lágrimas.
Bolas, lá tou eu aqui com o nó...

Beijos

4:17 da manhã  
Blogger Andr3 said...

Optima escolha de tema!
Optima escolha de texto! ;)
Acho que não se consegue ficar indiferente a este post..pq aliás, a quem não aconteceu ja esta situação? ou acontece.. pq mesmo que não se queira, e que não se goste; cada vez mais a nossa rotina ou maneira de viver nos absorve de uma maneira total..e é so nos momentos mais fracos, que talvez nos lembramos que afinal de contas..precisamos desses "Alguéns", os amigos!
Faremos por isso não acontecer.
Obrigado pela partilha;)
Até Depois; boa semana

5:14 da manhã  
Blogger Atlantys said...

Obrigada pela partilha sócio =)
Que os nossos caminhos se mantenham a par durante o maior tempo possível!
Bjks à M&M e Cª.

11:39 da manhã  
Blogger Kalinka said...

AMIGO MIGUEL
estive alguns dias que não consegui aceder a este blog, não sei se viste, fui ao blog das «receitas da Lígia» deixar um recado, para te avisar que finalmente consegui responder ao teu maravilhoso desafio sobre CINEMA, sabes que fico deliciada a escrever sobre cinema, sempre!

Belo texto e excelente escolha.
Parabéns!
Mas, ultimamente ando muito desanimada com as «amizades», daí que nem me quero referir a partes do texto, para não ficar mais triste...do que já estou.

Convido-te a vires «COMEMORAR» aquilo que quiseres, no kalinka, tudo pode ser motivo de comemoração.
Um abraço de «Amizade»

1:17 da tarde  
Blogger Pamem said...

Grande abraço para ti e beijinhos para Matilde, Martim e Lígia.
Miguel, a amizade verdadeira nunca desaparece, confunde-se por vezes com o amor, paixão e camaradagem entre tantas diferentes sensações. Os amigos, os verdadeiros, estão sempre lá quando precisamos deles.
A amizade é a doce canção da vida
é a poesia da eternidade.
O Amigo é a outra metade da gente.
O lado claro e melhor.
Sempre que encontramos um amigo,
encontramos um pouco mais de nós mesmos.
O Amigo revela, desvenda, conforta.
É uma porta sempre aberta
em qualquer situação.
O Amigo na hora certa, é sol ao meio dia,
estrela na escuridão.
O Amigo é bússola e rota no oceano,
porto seguro da tripulação.
O Amigo é o milagre do calor humano
que Deus opera no coração.
(Roque Schneider)
Fiquem bem, em paz e harmonia.
Paulo

4:41 da tarde  
Blogger Mocho Falante said...

é cruel mas é bem verdade, aliás já senti na pele um pouco esta realidade, mas é mesmo assim está na Natureza Humana...mas depois o que nos consola é que há sempre alguém que fica para sempre na nossa vida, e eu felizmente tenho alguns exemplos bons deste tipo

Abraços e beijocas à Matilde

9:34 da tarde  
Blogger tonsdeazul said...

Já conhecia estas palavras. E sempre que as leio sinto sempre a mesma sensação de saudade...
A imagem está muito bonita!

10:02 da manhã  
Blogger Patricia said...

O que custa é que tudo isso é verdade... muitas vezes sem nós querermos as amizades vão-se desvanecendo no tempo, os amigos que fizémos outrora foram-se afastando e vamos fazendo outros amigos, consoante a caminhada na nossa vida...
é triste mas é assim que acontece ;)

2:02 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home